quinta-feira, 15 de setembro de 2011

DICAS PARA TER UM CORPO PERFEITO!

      Você é daqueles que sempre pensou em emagrecer e ficar com a barriga sarada e nunca consegiu? Aprenda agora mesmo como emagrecer de maneira saúdavel. Primeiramente você deve saber que o mais importante de tudo, é emagrecer  com saúde.

1. Corrida:
Não tem jeito: o pódio ainda é dela. Com uma hora de corrida, você gasta terríveis 900 calorias. Isso equivale a uma lasanha, um copo médio de coca-cola, uma porção de carne de frango e um brigadeiro. Ufa! (o cardápio ideal para atingir seu objetivo)
A favor: melhora o condicionamento cardíaco.
Contra: cuidado com o impacto do joelho e na coluna ao correr. Escolha um tênis com bons amortecedores (acerte na escolha do tênis).

2. Andar de bicicleta:
Sair pedalando pelas ruas é sinônimo de 840 calorias a menos no corpo.
A favor: melhora o condicionamento cardíaco.
Contra: Cuidado com o desgaste da coluna e com o joelho. Antes de começar a pedalar, não deixe de ajustar o banco de modo que você nunca estique completamente a perna.

3. Futebol:
Temos um argumento imbatível para você topar bater uma bolinha, mesmo que tenha acabado de sair da manicure: uma hora de uma boa pelada consome 780 calorias!
A favor: fortalece as pernas e melhora o condicionamento
Contra: tome cuidado com os esbarrões e com as divididas, que podem exigir um pouco de força e jogo de cintura. 
4. Musculação:
Pode ser em casa, com pesinhos, ou na academia. Para cada hora de treino, você perder, em média, 720 calorias.
A favor: melhora a resistência articular e muscular, fortalece os ossos e ainda acelera a queima de calorias.
Contra: pode danificar músculos e tendões se não for feita com orientação adequada (saiba como evitar lesões). 
 5. Natação:
Uma hora queima 540 calorias.
A favor: trabalha todos os músculos e melhora o condicionamento (as vantagens dos exercícios aquáticos).
Contra: cuidado com os choques térmicos, caso treine numa piscina aquecida. Não se esqueça de alongar, evitando cãibras.

 EXERCICIOS PARA OS HOMENS QUE QUEREM TER UMA BARRIGA SARADA:
     Quer músculos aparentes na sua barriga? Então coloque três coisas na sua rotina: uma boa dieta, exercícios abdominais e atividade aeróbica. A primeira e a última te ajudam a evitar ou queimar as gordurinhas que se acumulam perto da cintura, enquanto os exercícios constróem os músculos para você exibir quando estiver mais, digamos, sequinho.

Passo 1: acabe com a gordura (na sua dieta) Não adianta passar horas e horas na academia fazendo abdominais se a sua barriga não vai deixar os músculos aparecerem. E nem pense que dá para reduzir a gordura só de um ponto do corpo, como a barriga. O primeiro passo para uma barriga sarada é cuidar do que você come: corte gorduras (em especial as ruins), controle os carboidratos (sem nóia extrema, mas também sem exageros) e capriche na proteína. Aposte também em vegetais folhosos e fibras.

Passo 2: queime a gordura (do seu corpo)
Fechar a boca ou, melhor dizendo, controlar a sua dieta, é 30% do caminho. Outros 40% são a sua capacidade de queimar gordura. Isso você consegue, principalmente, com exercícios aeróbicos. Isso significa, sim, fazer mais do que aqueles 10 minutos regulamentares de aquecimento na esteira. Para fazer alguma diferença, você precisa treinar no limite de esforço (um teste espirométrico e um bom professor de educação física te ajudam a definir isso) por tempo suficiente para queimar gordura. 

Passo 3: construindo o tanquinho
É claro que os exercícios não iam ficar de fora. Se você está conseguindo secar o seu corpo com os passos 1 e 2, também precisa garantir que vai ter o que mostrar quando a camada de gordura for embora. Para isso, os clássicos abdominais têm que ser feitos, mas não só eles.
Os músculos abdominais são divididos em três grupos, na verdade: superiores, inferiores e oblíquos. Você precisa ter um programa de treinamento que garanta que cada um deles seja exercitado, da mesma forma que para você exercita o bíceps e o tríceps quando quer um braço forte.

Algumas dicas para lembrar, são:

  • Expire quando você estiver contraindo o músculo e inspire quando estiver relaxando
  • Não adianta fazer milhares de repetições por dia. É muito melhor fazer séries mais intensas (prestando atenção ao que está fazendo e indo com calma, para os músculos se exercitarem) do que correr para fazer várias repetições que só vão servir como “trabalho aeróbico”
  • Cuidado com o pescoço. Nos exercícios que envolvem elevação do tronco, use as mãos para e alinhe os ombros para garantir que você não está sobrecarregando a sua coluna e o pescoço
  • Você pode treinar abdominais todos os dias, desde que varie os grupos trabalhados (e assim dê as 24 horas de repouso para cada grupo). Faça superiores um dia, oblíquos e inferiores no outro, ou como preferir. 

       

     JÚLIA TENÓRIO ARAÚJO
     

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário